melhoresamigos.com.br

Information

This article was written on 27 jun 2007, and is filled under Arquivo Cãofidencial, Cachorros, Comportamento, Darwin.

Adorável traidor

darwin_sofa.jpg

O sofá conquistado com a fina flor da malandragem labradoriana. No canto esquerdo, embaixo, uma roidinha para aplacar o tédio. Reforma para o sofrido móvel em breve!!

Depois de meses de batalhas diárias, Darwin finalmente conquistou o sofá da sala. Cachorros são seres insidiosos!! Eu não deixava de jeito nenhum ele ficar ali, então o cachorro malandro só fazia isso quando eu não estava olhando. Era fácil saber por causa dos pelos pretos que ele deixava. Uma trabalheira pra tirar com uma escova eletrostática que comprei.

Mas por um bom tempo, ele pulava do móvel quando me via. Era uma visão engraçada aquele bicho enorme pulando e indo pro canto só de eu entrar na sala. Me senti poderoso. O rei do castelo. Mas o safado estava trabalhando nos bastidores, dando em cima da minha mulher. Quando eu não estava olhando, ele chegava de mansinho e deitava no colo da Mônica. Ela, uma frouxa de marca maior, cedia e cedia.

A vitória final aconteceu com a vinda do meu cunhado para passar uns dias aqui em casa. Ele adorou o Darwin e virou a segunda pessoa da casa a deixá-lo ficar no sofá.

Fizeram um motim! Fui passado para trás por um labrador malandro!!

Ontem, eu cheguei na sala e ele estava tranquilão dormindo no sofá. Eu ia expulsá-lo, juro. Mas cheguei perto e comecei a fazer carinho. Ele tinha passado mal durante o dia, vomitado a ração junto com umas pedras, areia e galhos que ele tinha comido na praça. Fiquei com pena e, ao mesmo tempo, fascinado pelo fato de que ele estava quietinho, quietinho. Um momento raro.

Olhei para a pelagem preta preta. As patonas com almofadas gigantes e ásperas de King-Kong (que eram lisinhas quando ele chegou, sete meses atrás) e as unhas mais quebradinhas, raspadas e toscas que eu já vi. Porcolino, sujismundo, flatulento e mal-educado. Só que ele tem aquele olhar cheio de bondade (truque de cachorro, claro) e aquele jeitão amistoso que conquista qualquer um. Foi quando eu entendi: tem um ogro no meu sofá. Shrek perde.

(texto publicado originalmente em www.alexmaron.com.br)

Be Sociable, Share!